26 junho 2010

Veneza, a serenissima



A Itália é mágica. Em cada pedaço de terra há um cheiro, que vem das oliveiras, das hortaliças, dos queijos, das uvas, dos vinhos ou das janelas floridas, que fazem da Itália uma mistura de cores e sabores. Cada canto do país seduz pelo aroma, que vem dos fornos e das panelas fumegantes na cozinha italiana.

Itália é cheiro de pizza, de cappucino, de polenta, de bagna cauda, de mil massas, molhos e muito mais. Itália se vê com os olhos e se sente nas sensações. Itália é "dolce far niente". São os sons que vem do acordeão, dos pandeiros, da tarrantella, das músicas alegres e românticas, que despertam sentimentos e fazem com que nos apaixonemos por ela.

Itália é humor de Totó e Roberto Begnini. É alegria que se vê estampada em largos risos. Itália é a paixão pelo futebol. Terra de herois, poetas, artistas, filosófos e cientistas, sua lista é infindável de muitos que construiram e criaram obras maravilhosas para o delírio de nossos olhos e para o bem da humanidade.

Cada canto do país transpira sua história, como se fossem páginas de um livro vivo que conduz a um passado por onde passaram os antigos etruscos, gregos e romanos. Os muros sussurram, basta estar atento para escutá-los. Muitos caminhos da Itália levam ao interior de alguma muralha, permitindo que a história se abra diante dos nossos olhos.

Itália é saudade, que emerge em suas canções. A história antiga nos faz reencontrar fenícios e gregos, mas também tem-se a impressão de poder encontrar em alguma esquina reis, rainhas, súditos, desde o bobo da corte até carrascos e armeiros, mas também estar diante de Dante, Petrarca, Boccaccio, Giotto, Donatello, Michelangelo, Da Vinci e tantos outros que fizeram nascer o Reino da Itália.

Ser italiano é ter orgulho de sua terra, que se vê estampado em seus rostos quando cantam "Bella Ciao" ou "Quel Mazzolin di Fiori", que fazem recordar os guerrilheiros e a sua sede de liberdade. As guerras deixaram marcas evidentes e nos fala da Resistência Italiana. Os sinais de destruição presentes em relíquias e tesouros da época fazem sentir o desespero vivido pelos italianos. Daí se aprende como sobreviver com pouco, mas com muita coragem e determinação.

Foi a determinação que há muitos anos tornou em realidade a construção de Veneza, tornando bela a "Serenissima". É indescritível a sensação de se perder nos canais da cidade e ouvir os gondoleiros com seu canto que rasgam a escuridão da noite. E apreciar as cores das casas de Burano, que servem para guiar os pescadores nos dias de forte neblina. Os sinos tocam e lá do alto da igreja pode-se admirar a belíssima paisagem, que fala das minhas origens...


video

Venezia em fotos

video

Video: Amanhecer em Veneza

video

Vivaldi, sua música e sua vida


2 comentários:

  1. Os 3 vídeos são muito legais e vou viajar muito por aqui para me aprofundar ainda mais no conhecimento sobre a Itália.

    ResponderExcluir
  2. Belo trabalho, e assim vou conhecendo um pouco mais sobre a Itália.

    ResponderExcluir

Agradeço por sua visita e seus comentários

Related Posts with Thumbnails

Seguidores

Related Posts with Thumbnails

Quem sou

Nascida em Belo Horizonte, apaixonada pela vida urbana, sou fascinada pelo meu tempo e pelo passado histórico, dois contrastes que exploro para entender o futuro. Tranquila com a vida e insatisfeita com as convenções, procuro conhecer gente e culturas, para trazer de uma viagem, além de fotos e recordações, o que aprendo durante a caminhada. E o que mais engradece um caminhante é saber que ao compartilhar seu conhecimento, possa tornar o mundo melhor.