05 abril 2011

Vicenza, a cidade que vale ouro




Na região do Veneto, a pitoresca cidade de Vicenza aos pés do Monti Berici distingue-se pela profusão de construções renascentistas, especialmente projetadas por Palladio que foi um célebre arquiteto do século 16. A arquitetura está principalmente nas mansões construídas para importantes famílias, sendo atualmente a cidade considerada Patrimônio Mundial pela Unesco.

Palladio nasceu em 1508 em Padova e trabalhava como escultor de pedras. Seu nome original era Andrea di Pietro dalla  Gondola e recebeu o nome de Palladio quando entrou na academia do poeta italiano Giangiorgio Trissino, que supervisionou os seus estudos de arquitetura. A grande cidade palladiana é hoje uma das mais ricas do Veneto e famosa no mundo inteiro por sua esplêndida e variada arquitetura. 

 
 


 
 


A cidade foi fundada durante o período romano e tinha o nome Vicetia. Mais tarde, tornou-se Vicenza, uma dinastia da rica e poderosa família Della Scala que governou a região por mais de 100 anos entre os anos de 1260-1380. 

Durante a 2a. Guerra Mundial a área de Vicenza foi um importante local de combate  e um centro da resistência italiana, tendo sido duramente danificada pelos bombardeios que destruiu muitos de seus monumentos e gerou mais de 2.000 vítimas entre civis.  




 



Corso Palladio: A rua principal da cidade é o Corso Palladio, uma avenida que atravessa a cidade onde estão os palácios mais notáveis, com seus pórticos e pátios internos. A avenida desemboca na Piazza Matteotti onde está o elegante Palazzo Chiericati, um dos mais belos projetos de Palladio atualmente sede da Pinacoteca. 

Pode-se apreciar também a Igreja da Santa Corona, cuja construção foi iniciada no ano 1261, tendo uma impressionante porta, um célebre campanário e seu interior de  estilo gótico decorado com importantes obras do século 14.



 
 
 
 
Piazza dei Signori: A Piazza dei Signori é o centro da cidade, caracterizada pela suntuosa Basilica. O antigo Palazzo della Ragione medieval revestido por uma nobre arquitetura do 1500, um dos projetos de Palladio, atesta as origens clássicas da cidade e também da sua ligação com Veneza. A praça possui também a presença da alta Torre de 1300 e da Loggia del Capitanio, uma das ultimas obras incompleta de Palladio.

 






Teatro Olímpico: O Teatro Olímpico do século 16 foi construído  em madeira e estuco de acordo ao projeto inicial de Palladio, tendo sido a  última obra de Palladio e um dos edifícios mais bonitos da história da arquitetura.

Foi o primeiro teatro coberto do mundo.  O corpo principal representa um quadrado tendo por trás as cinco ruas da Tebe, criado por Scamozzi que ultrapassava as intenções originais de Palladio. O banco central, que normalmente eram reservados para os nobres, oferece uma ilusão de ótica como a rua que parece ir se afastando. 
 

 



La Rotonda: A Villa Almerico-Capra conhecida como La Rotonda, é uma das mais características e famosas construções de Palladio  que data de 1550, uma obra de arte em harmonia e beleza que predomina de sobre uma colina.

A vila está a uns 3 km da cidade e de onde se pode avistar o panorama campestre da zona vicentina, graças às suas quatro fachadas simétricas e caracterizada por um átrio com uma escadaria e colunas.
    
O nome Rotonda deriva do salão central coberto por uma ampla cúpula, que lembra o Pantheon de Roma. Construída
para ser uma residência, seu proprietário jamais poderia imaginar que sua casa se tornaria um ícone para toda Europa.  O Villa Rotonda é uma villa-templo, uma abstração, e seus cantos estão orientados aos quatro pontos cardeais. 



 





Basílica do Monte Berico: Nos arredores de Vicenza um dos lugares de grande interesse é a Basilica do Monte Berico, que é um local de peregrinação de muitos fieis e  um dos exemplos mais clássicos da arquitetura barroca em Vêneto, tendo obras de arte muito importantes dos séculos 14 e 15. 

Segundo contam a construção da primeira igreja ocorreu devido à aparição da Virgem Maria, que cessou uma grave epidemia na cidade em 1428. Um longo corredor serve de acesso da cidade ao templo. O Santuário é a referência religiosa mais importante de Vicenza e desde 1978  Nossa Senhora do Monte Berico é a santa padroeira da diocese de Vicenza.
 


 


Exposição do Ouro: Vicenza é uma das cidades mais ricas de toda a Itália, principalmente devido à produção de componentes de  computadores. Federico Faggin, o co-inventor do microprocessador nasceu em Vicenza. Outro ramo que literalmente reluz em Vicenza são as jóias feitas de ouro. A Exposição do Ouro de Vicenza é mundialmente famosa e acontece 3 vezes por ano.



 
 

8 comentários:

Agradeço por sua visita e seus comentários

Related Posts with Thumbnails

Seguidores

Related Posts with Thumbnails

Quem sou

Nascida em Belo Horizonte, apaixonada pela vida urbana, sou fascinada pelo meu tempo e pelo passado histórico, dois contrastes que exploro para entender o futuro. Tranquila com a vida e insatisfeita com as convenções, procuro conhecer gente e culturas, para trazer de uma viagem, além de fotos e recordações, o que aprendo durante a caminhada. E o que mais engradece um caminhante é saber que ao compartilhar seu conhecimento, possa tornar o mundo melhor.