30 julho 2013

Fasano, um requintado paraíso no Adriático




A região da Puglia é um lugar fascinante, com notáveis paisagens, belas praias, colinas que conservam ruínas gregas e romanas, vilas de pescadores e cidades medievais. Uma dessas cidades é a encantadora Fasano, com suas ruas e becos estreitos margeados por casinhas baixas com paredes brancas.


 


Localizada a poucos quilômetros do Mar Adriático, Fasano teve origem em 1088 quando a população da antiga cidade de Egnatia começou a emigrar para as colinas. Dessa antiga cidade restam vestígios que formam o Parco Archeologico de Egnatia, onde pode-se visitar um museu contendo algumas peças e também as ruínas das antigas construções. 




A Piazza Ciaia é a principal da cidade onde são realizados shows e outros eventos. Esse é o ponto de partida para percorrer o centro histórico e admirar as principais ruas revestidas de pedra, o relógio e os suntuosos palácios que são verdadeiros tesouros arquitetônicos. Há outros monumentos antigos, como o Torrione delle Fogge, a última torre remanescente das onze torres originais que protegiam o centro histórico.


 


Na cidade existem várias igrejas, sendo a Igreja Matriz dedicada a São João Batista. O culto da Madonna del Pozzo está ligada à lenda da imagem de Nossa Senhora que foi encontrada numa pedra. A partir de então, a Madonna di Pozzo Faceto se tornou a protetora de Fasano. Fora da cidade há uma igreja cristã primitiva chamada de Tempietto di Seppannibale. Construída com pedras, a igreja possui um enorme afresco. 



 


A atual Via del Bali era um antigo acesso à cidade e tem na entrada uma placa que relembra a vitória de Fasano sobre os turcos. Segundo contam, no século 14 a cidade tornou-se um feudo dos Cavaleiros de Malta. Porém numa noite de 1678 diversos piratas turcos tentaram invadir e saquear a cidade. Eis que aconteceu um milagre: a Virgem Maria apareceu no céu liderando a defesa da cidade.

A cada ano em junho esse dia é relembrado por ocasião da festa dos santos padroeiros: São João Batista e Santa Maria Pozzo Faceto. La Scamiciata é um grande show que representa a história de Fasano através de desfiles de 300 figurantes no percurso da procissão. Os desfiles dramatizam a batalha entre os cavaleiros e piratas ao som das trombetas e tambores. Bandeiras agitadas saudam as pessoas com vestimentas da época, que representam as antigas famílias nobres. O cortejo termina na praça onde é celebrada a festa dos padroeiros.






A Selva di Fasano está sobre uma colina de onde se tem uma esplêndida vista panorâmica. Cercadas por florestas de carvalhos, pinheiros, castanheiros e ciprestes, há várias mansões no estilo trullo espalhadas nos caminhos cercados por pequenos muros de pedra, que serviam na antiguidade para demarcar os limites das propriedades.


 


Também há um minarete muito semelhante aos milhares espalhados em países muçulmanos. A obra foi feita em 1918 pelo nobre pintor Damaso Bianchi que provavelmente teria vindo da Tunísia trazendo diversos materiais. Seu exclusivo design foi destinado à residência de verão da família.


 


No alto das colinas encontra-se o Zoo Safari Fasanolandia, um dos maiores zoológicos da Europa que oferece uma particular experiência de observar os animais livres na natureza, além de shows de animais e muita diversão. 





A visita ao zoológico é uma verdadeira descoberta de todos os animais de diferentes origens. Passeando de carro entre os animais que vivem em liberdade na natureza, numa área de 140 hectares há centenas de animais como macacos, leões, panteras, camelos, gorilas além de ursos polares, hipopótamos e leões-marinhos que nadam no lago.




No lago das aves há flamingos, cegonhas, pavões e outras espécies. Numa parte do zoológico pode passear caminhando entre os tanques de lagartos, tartarugas, cobras, peixes etc. Há também viveiros com pássaros tropicais, araras, aves de rapina, papagaios e um grupo de pinguins. 








O parque de diversões tem atrações fascinantes, diversos passeios, montanhas russas, trens fantasmas, tendo destaque o show dos golfinhos no Teatro dos animais. Também acontecem shows com vários artistas.



Outra atração marcante é a beleza artística da "Puglia em miniatura", onde estão perfeitas reconstruções em escala 1:25 de todos os monumentos da região da Puglia. 




As centenárias oliveiras estão espalhadas por vários lugares e são um espetáculo à parte. Dizem que as oliveiras mais jovens têm 500 anos e as mais antigas perto de 2000 anos, por isso são protegidas por uma lei da região da Puglia que proíbe a remoção, corte, danos ou comércio das árvores.




Foram os fenícios que difundiram a cultura da oliveira no Mediterrãneo, que posteriormente foi expandida por gregos e romanos. Dessas oliveiras foi extraído o azeite que servia na antiguidade para ungir nobres e atletas gregos e romanos, já tendo sido chamado de "Ouro líquido do Mediterrâneo". 




S
ituada nas proximidades de Fasano, Savelletri é uma pequena aldeia com vista para mar. É o cartão postal de Fasano com seus belos resorts e esplêndida paisagem. Este é o paraíso terrestre preferido por celebridades, que chegam em Savelletri para apreciar os aromas do Mediterrâneo nas antigas fazendas transformadas em requintados hotéis e restaurantes.



Em toda região pode-se hospedar nas várias fazendas de importância histórica como a Masseria Sant'Angelo de Grecis, mais conhecida como a Abadia de San Lorenzo, onde está o Museu do Azeite com maquinários e ferramentas que conta a história da produção de azeite. As fazendas possuem uma atmosfera exclusiva, com interiores decorados e todas as comodidades modernas.




Cada fazenda é diferente de outra contendo no seu interior afrescos, pinturas e relíquias antigas, como a Masseria Salamina, Masseria Maccarone, Masseria Narducci, Masseria Marzalossa, Masseria Casaburo e outras. A Masseria San Domenico era uma antiga fazenda fortificada onde os Cavaleiros de Malta tinham sua sede. A fazenda, que se tornou um requintado resort, possui um prestigiado campo de golfe. 





Torre Canne ocupa uma área costeira com praias e dunas. Situada a poucos quilômetros de Fasano, são famosos os banhos em suas águas com propriedades terapêuticas. Marcada pelo farol que sinaliza a costa, belos e elegantes resorts e Spa's nasceram à beira-mar. É também nas dunas costeiras do litoral de Torre Canne que se cultiva o tomate Regina, que teve seu nome inspirado pelas características do caule, que cresce e toma a forma de um terço.





Devido à água salobra que irriga a plantação, esses tomates podem ser conservados por mais tempo, além de que são resistentes às pragas. Os frutos pequenos e redondos são colhidos em julho. Uma parte da colheita é vendida fresca nas feiras e a outra parte é colocada para secar amarradas com fios e preservadas até abril para formar o "Romasole". Na antiguidade a posse de muitos Romasoles era uma expressão de prestígio social e riqueza da família, por isso eram exibidos à porta das casas.






O tomate é muito utilizado nessa região e uma de suas preciosas iguarias é a Focaccia, que é a mais famosas da Itália. Recheada com tomates e azeitonas ou com uma camada de batatas, a Focaccia é tradicional comida de domingo. 

Mas uma iguaria típica da Puglia é o Panzerotto ou Calzone, que é uma espécie de pastel recheado com mozzarela, tomate, cebolas, anchovas e alcaparras. Dizem que o Panzerotto nasceu na cozinha mais pobre da Puglia, que usava as sobras da massa do pão com queijo e tomate. Frito no óleo quente, a massa crocante tem um divino sabor só encontrado na Puglia...





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço por sua visita e seus comentários

Related Posts with Thumbnails

Seguidores

Related Posts with Thumbnails

Quem sou

Nascida em Belo Horizonte, apaixonada pela vida urbana, sou fascinada pelo meu tempo e pelo passado histórico, dois contrastes que exploro para entender o futuro. Tranquila com a vida e insatisfeita com as convenções, procuro conhecer gente e culturas, para trazer de uma viagem, além de fotos e recordações, o que aprendo durante a caminhada. E o que mais engradece um caminhante é saber que ao compartilhar seu conhecimento, possa tornar o mundo melhor.