13 agosto 2010

Alberobello, a cidade dos trullos


Alberobello é uma pequena cidade na região da Puglia. A história dos célebres "trullos de Alberobello", declarados património da humanidade, está ligada à uma antiga exigência de um tributo para cada novo assentamento. Os condes exigiram que se edificassem as casas de pedra seca, assim os camponeses encontraram na forma redonda com teto de cúpula autoportante, composto por círculos de pedra sobrepostos, a configuração mais simples e sólida.

Os tetos dos trullos com pináculos decorativos está inspirada em elementos simbólicos, místicos e religiosos. A maestría conseguida para a construção do trullo identificava o artesão, e baseando na qualidade do pináculo podia-se então identificar não só a habilidade artesanal do construtor como também o valor construção. Uma maior despesa na construção do trullo identificava os mais ricos dos mais pobres.

As origens da cidade remontam-se aos meados de 1600 quando, sendo um pequeno feudo sob o domínio dos Acquaviva, Condes de Conversano, começou a ser povoada por camponeses. Os condes autorizaram a construção desde que fossem de pedras secas que seria de fácil destruição no caso de uma inspeção régia. Isto se devia à norma existente no Reino de Nápoles desde o século 15, e com a astuta proposta os camponeses podiam construir suas casas que eram consideradas construções precárias e evitava-se o imposto. Quase 200 anos depois, o rei Fernando I de Bourbon emitiu um decreto tornando-os livres para edificar suas casas que permanecem até o presente.

video

Video de Alberobello

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço por sua visita e seus comentários

Related Posts with Thumbnails

Seguidores

Related Posts with Thumbnails

Quem sou

Nascida em Belo Horizonte, apaixonada pela vida urbana, sou fascinada pelo meu tempo e pelo passado histórico, dois contrastes que exploro para entender o futuro. Tranquila com a vida e insatisfeita com as convenções, procuro conhecer gente e culturas, para trazer de uma viagem, além de fotos e recordações, o que aprendo durante a caminhada. E o que mais engradece um caminhante é saber que ao compartilhar seu conhecimento, possa tornar o mundo melhor.