09 dezembro 2010

Cabras na Sardegna


Cabras é uma terra de envolvimento emocional extraordinária para a variedade e a beleza das suas paisagens naturais e humanas e pela riqueza de suas relíquias culturais na Ilha da Sardegna. Marcada pela mudança climática, mostra um olhar diferente a cada temporada. É precisamente seus recursos naturais, terra e mar, que fazem deste patrimônio natural e cultural, como único e inconfundível no contexto do Mediterrâneo ocidental.










Cabras está localizada em uma área costeira, onde muitos quilômetros de praias circundam a cidade, quase todas caracterizadas por areia de quartzo do tamanho de grão de arroz e branca. Também em Cabras está a "Ilha de Mal di Ventre, com suas belas praias e a ponta do Cabo de San Marco. Toda a zona costeira de Cabras é uma Área Marinha Protegida da Península Sinis.











Mas é na primavera, que a área da Sinis oferece uma impressionante representação de cores, cheiros e sons ao renovar o ambiente natural, quando rompe o silêncio do inverno. O sítio arqueológico de Tharros, é a prova da intensa atividade humana no passado, com os monumentos nuragici. Assistir o por-do-sol em Tharros entre as ruinas, ouvir os pássaros no parque, provar as delícias da Sinis, perceber pelo cheiro a muitos tons da brisa do mar, é uma experiência inesquecível.






Em Setembro acontece o Festival San Salvatore, um dos eventos mais peculiares da Sardegna. Um grupo com cerca de mil corredores, todos os jovens e descalços, vestindo uma túnica branca, realizam o simulacro de San Salvatore , da igreja de Santa Maria Assunta até a Igreja de San Salvatore, nas proximidades de Tharros, que foi construída sobre um antigo santuário subterrâneo dedicado ao culto pagão da água. No dia seguinte, o percurso é repetido retornando a Cabras. Essa celebração lembra a preservação da imagem do Santo durante o ano de 1500 após um ataque dos sarracenos e depois da corrida tem festa com peixe grelhado e Vernaccia para todos. Vernaccia é um vinho xerez típico desta região.



A igreja de San Salvador foi um antigo templo subterrâneo de Marte e Vênus, cerca de 300 AD, onde desde a época nuragica até o fim do mundo antigo, havia o culto pagão à água de nascente. Em seguida, substituída pela adoração cristã de San Salvatore, inicialmente realizados no templo e, em seguida, na igreja de San Giovanni.





As lagoas de Cabras, além dos flamingos rosados, que se pode apreciar às suas margens, é onde também acontece a Regata Fassonis; uma competição num barco tipo gôndola de origem antiga construída com junco entrelaçado que cresce na lagoa de Cabras. Os barcos de origem fenícia,partem numa competição de velocidade. Os competidores devem conseguir estar todo tempo na pequena embarcação. No final da competição as comemorações continuam com churrascos e peixes, e como sempre, Vernaccia para todos.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço por sua visita e seus comentários

Related Posts with Thumbnails

Seguidores

Related Posts with Thumbnails

Quem sou

Nascida em Belo Horizonte, apaixonada pela vida urbana, sou fascinada pelo meu tempo e pelo passado histórico, dois contrastes que exploro para entender o futuro. Tranquila com a vida e insatisfeita com as convenções, procuro conhecer gente e culturas, para trazer de uma viagem, além de fotos e recordações, o que aprendo durante a caminhada. E o que mais engradece um caminhante é saber que ao compartilhar seu conhecimento, possa tornar o mundo melhor.