28 maio 2011

Costa amalfitana, a inspiração dos poetas





A costa amalfitana na provincia de Salerno é a mais bela costa da Itália e uma das mais belas do mundo. Seus altos paredões de rocha contrastam com o azul profundo do Mediterrâneo criando paisagens incríveis. Do alto desses penhascos, pode-se ver toda a baía Sorrentina rodeada de belas cidades que foram sendo edificadas ao longo dos séculos.


 






Compreendendo as comunas de Vietri sul Mare, Cetara, Tramonti, Maiori, Minori, Ravello, Scala, Atrani, Amalfi, Conca
dei Marini, Furore, Praiano e Positano, as construções e vilarejos foram fundados sobre os penhascos da península para se defender dos ataques de piratas e outros inimigos na antiguidade.

Passear pelas estreitas estradas torna o passeio inesquecível. O cenário é repleto de penhascos verdes revestidos  de casinhas coloridas no melhor estilo bizantino. 
Nas montanhas da Costa Amalfitana estão plantados terraços de limoeiros, oliveiras, carvalhos e pinheiros.
Apesar das ruas modernas, a região preserva vestígios muito antigos mas não há ruinas. 

A Casa Imperial, que hoje é um hotel, tem um túnel cortado na rocha que desce até a costa. Também restam os aquedutos subterrâneos da cidade.







 

Positano: A cidade é tão inspiradora que já serviu de cenário para diversos filmes. A cidade começa no alto da montanha e desce pela encosta em ruas estreitas e escadas até à praia de onde se chega a Praiano. 

Típico do local é o Limoncello, um licor de limão e as lojinhas de souveniers além dos restaurantes de massas com vôngoles e camarões frescos. Em Minori e Maiori o mar calmo e as ruelas são repletas de vistas panorâmicas.








Amalfi: Em Amalfi a arquitetura é de influência árabe e bizantina com traços normandos e sicilianos. A Catedral de  Sant'Andrea do século 9 é uma das mais bonitas de Itália, com a sua pequena praça centrada numa magnífica fonte e uma imponente escadaria de acesso à entrada principal.


No interior da Catedral o Claustro do Paraíso de influência árabe construído entre 1266 e 1288 é destinado a ser panteão de homens ilustres. Outra é a Basílica do Crucifixo e em Atrani a Igreja de San Salvatore de Bireto.






Ravello: A poucos quilometros de Amalfi, Ravello tem uma beleza medieval de igrejas, mansões e jardins exóticos  que deslizam por uma estrada sinuosa. Com seus jardins encantadores, a Villa Rufolo e a Villa Cimbrone tem paisagens imperdíveis.


A catedral, com vários tesouros dos séculos 12 e 13, é o ponto principal da praça com altos pendentes e torres rústicas. O romantismo do local traduz o ditado dos italianos: "os poetas vão a Ravello para morrer"...









3 comentários:

  1. Estive lá em Fevereiro, mas só agora estou usando os limões típicos da região.

    :)

    ResponderExcluir
  2. É realmente de tirar o fôlego, é tudo muito lindo,uma beleza

    natural atrelada a arquitetura medieval!Eu amo!já visitei 2

    vezes.

    ResponderExcluir
  3. Olá, gostaria de saber quais filmes tratam de Positano... Assisti hoje pela terceira ou quarta vez, Sob o sol da Toscana. Gostaria de saber mais sobre Positano... excelente texto. Parabéns.

    ResponderExcluir

Agradeço por sua visita e seus comentários

Related Posts with Thumbnails

Seguidores

Related Posts with Thumbnails

Quem sou

Nascida em Belo Horizonte, apaixonada pela vida urbana, sou fascinada pelo meu tempo e pelo passado histórico, dois contrastes que exploro para entender o futuro. Tranquila com a vida e insatisfeita com as convenções, procuro conhecer gente e culturas, para trazer de uma viagem, além de fotos e recordações, o que aprendo durante a caminhada. E o que mais engradece um caminhante é saber que ao compartilhar seu conhecimento, possa tornar o mundo melhor.