12 outubro 2012

Monte San'Angelo, a casa de São Miguel Arcanjo




 
 

O planalto do Gargano na região da Puglia é um dos lugares mais bonitos da Itália. Com pequenos rios subterrâneos, a erosão provocada pela água e pelos ventos nas pedras de calcário criou inúmeros abismos, poços, sumidouros, grutas e cavernas espalhadas ao longo da costa do Golfo da Manfredônia formando um espetáculo de rara beleza. 

Nas praias há inúmeras estâncias balneárias e nas montanhas há preciosas cidades, entre elas, Monte Sant'Angelo que está situada sobre o ponto mais alto do Monte Gargano, de onde se tem uma maravilhosa vista panorâmica. Considerada uma montanha sagrada, as casinhas brancas enfeitadas com flores nas janelas destacam a cidade que é um dos lugares mais antigos da cristandade.
 
 
 
 
 


Lenda do Arcangelo Michele: A história da cidade está ligada às aparições do Arcangelo Michele ou Arcanjo Miguel. Dizem que em maio de 490 um nobre rico perdeu um touro de seu rebanho e o encontrou na montanha em frente a uma caverna dedicada a um culto pagão.

Como o touro não atendia seu comando, ele atirou uma flecha mas misteriosamente a flecha voltou sobre si mesmo fazendo-o cair do cavalo. Durante a queda o nobre senhor se viu envolto numa suave luz que brilhava quando apareceu um anjo guerreiro com sua espada reluzente. 



 
 

Três dias depois o anjo apareceu novamente e anunciou que deveria ser feita uma capela na gruta. Bispos das cidades vizinhas fizeram uma peregrinação até a gruta onde encontraram um altar de onde vinha uma luz brilhante, por isso o monte passou a ser chamado de Monte Sant'Angelo ou Monte do Santo Anjo. 

Pouco tempo depois quando a cidade foi sitiada, o arcanjo Miguel apareceu e prometeu a vitória sobre os invasores. Durante a  batalha, um exército de anjos com espadas flamejantes deram-lhes apoio e garantiu a vitória. Milhares de peregrinos passaram a visitar a capela e a partir dali a fé em São Miguel Arcanjo se espalhou para o mundo.


  
 
 
 

Santuário San Michele Arcangelo: É o santuário mais antigo da Europa Ocidental dedicado ao Arcanjo Miguel e tem sido um importante centro de peregrinação desde a Idade Média. A torre octagonal ao lado do santuário foi construída em 1274 com uma altura original de 40 metros. Posteriormente foi reduzida para 27 metros, provavelmente para a manutenção dos sinos que foram instalados em 1666. 

A gruta do Santuário de San Michele pode ser acessada a partir do Portale del Toro ou Porta do Touro, que são portas em bronze feitas em Constantinopla em 1076. Nas portas há 24 painéis que retratam episódios do Antigo e Novo Testamento. A imagem de São Miguel feita em mármore de carrara tem a aparência de um jovem com cabelos cacheados, sendo um exemplo único de seu tipo na história da escultura. 



São Miguel Arcanjo é invocado em qualquer situação de perigo

Devoção e celebração: Considerado Príncipe defensor Celeste ou "Aquele que é como Deus", segundo conta sua lenda Deus criou todas as coisas materiais e espirituais. Todos os anjos eram bons porém alguns tornaram-se maus por si mesmos. Houve uma grande batalha celestial: Miguel e seus anjos lutaram contra o Dragão que representava os espíritos malígnos. Derrotados, os espíritos do mal foram expulsos do céu. 

Celebrado em 08 de maio e 29 de setembro, segundo a tradição São Miguel Arcanjo é invocado em tempos de emergência e em qualquer situação de perigo. Seu símbolo é a balança de equilíbrio que traz nas mãos com a qual pesa as almas humanas. Os papas consideram São Miguel como o protetor especial da Igreja e dos povos das igrejas sendo reverenciado em diversas religiões.  



 
 
 
 



Castello di Monte Sant'Angelo: A cidade se expandiu em torno do ano 1000 e ainda hoje seus monumentos são testemunho de um passado importante.  Na parte mais alta da cidade o enorme Castello di Monte Sant'Angelo desponta com sua Torre dei Giganti, assim chamada porque foi construída com pedras gigantescas.

O castelo foi construído pelo Bispo de Siponto nos anos 900 e posteriormente outras construções foram acrescentadas durante a dinastia de Aragão em 1494. No século 17 nasceram novos bairros que mudou na aparência original das antigas muralhas.

Cercado de muitas lendas, o Imperador Frederico II restaurou a construção que era usada principalmente como prisão e posteriormente foi usada como residência para sua amante Bianca Lancia. Dizem que nas noites de inverno o fantasma de Biancalancia vaga pelo castelo onde seus suspiros podem ser ouvidos.


 


Delícias de Monte Sant'Angelo: A cidade está inserida numa região considerada como "o celeiro da Itália" de onde provém o trigo, melancias, azeitonas e os tomates que abastecem quase toda a Europa. Nas colinas estão as oliveiras que dão origem a um dos melhores azeites extra-virgem. O caciocavallo é um queijo feito com leite vindo dos rebanhos que vivem nas ricas pastagens em torno da cidade. 

Típico de Monte Sant'Angelo é seu tradicional pão servido com tomate, azeite e orégano além de outras opções como cebola, pimentão, alcaparras e azeitonas. A crosta é macia e crocante, enquanto o interior permanece macio e compacto. De formas grandes, nos tempos antigos eram feitos com até 5 kg com diâmetro de até 80 cm. Esse pão é famoso e apreciado em toda Itália por preservar intacta sua fragrância mesmo depois de alguns dias. 




 

2 comentários:

  1. Algum email que eu possa entrar em contato com o santuário ?

    ResponderExcluir
  2. Algum email que eu possa entrar em contato com o santuário ?

    ResponderExcluir

Agradeço por sua visita e seus comentários

Related Posts with Thumbnails

Seguidores

Related Posts with Thumbnails

Quem sou

Nascida em Belo Horizonte, apaixonada pela vida urbana, sou fascinada pelo meu tempo e pelo passado histórico, dois contrastes que exploro para entender o futuro. Tranquila com a vida e insatisfeita com as convenções, procuro conhecer gente e culturas, para trazer de uma viagem, além de fotos e recordações, o que aprendo durante a caminhada. E o que mais engradece um caminhante é saber que ao compartilhar seu conhecimento, possa tornar o mundo melhor.